O Brasil precisa do Dia da Consciência Negra

Aproveito o dia para tocar no relevante assunto. É muito fácil para quem é branco e de classe média (grupos em que me incluo) dizer que não precisamos ter um dia da Consciência Negra. Em uma sociedade hipócrita, individualista e sem memória, como a brasileira, nunca haverá algum resultado se não marcarmos datas e se não tivermos realizações que relembrem o quanto os negros foram ultrajados durante séculos aqui no Brasil.

Esse papinho de ‘Consciência Humana’ é muito legal, mas é tão vago que não serve nem para motivar um bocejo sequer. Os conservadores sempre têm essa ideia de argumentar com generalizações para refutar ações pontuais e necessárias. É aquela velha história do Delfim Neto: ‘vamos fazer o bolo crescer para depois dividir’. E enquanto o bolo não crescer, apenas os mesmos ficam se lambuzando com seus saborosos recheios…

É mais ou menos assim a lógica conservadora: ‘não vamos falar em consciência negra para não trazer o tema do racismo ao debate e, automaticamente, sermos racistas. Quando lembramos, já estamos sendo racistas!’ Esse é o pensamento mágico! Silencia-se como forma de não discriminar! E discrimina-se como forma de manutenção do status quo vigente. Dos brancos, é claro!

Ademais, esperar que a sociedade brasileira amadureça por si só é a maior das utopias (muito maior até do que aquela dos comunistas). Precisamos de datas que nos marquem, que nos lembre de que ainda há racismo, que ainda há discriminação! Antes da consciência humana, precisamos ter consciência de que o negro que passa ao meu lado ganha menos do que um branco com a mesma formação no mesmo trabalho, entre tantas outras diferenças brutais.

Portanto, paremos com a hipocrisia de criticar tudo que se faz em prol das minorias! Isso se faz nas maiores democracias do mundo, inclusive nas mais liberais! E lá o choro é mínimo! Talvez porque lá a ‘consciência humana’ já tenha despertado…

Anúncios

About Daniel Mello

Coordenador Comercial na Infoar - Mais Continental; Consultor em Marketing Direto e MKT de Relacionamento; Professor de Língua Portuguesa. Um profissional dedicado aos encantos da área comercial e aos mistérios da Comunicação Escrita e Produção de Textos! Um cara sempre em busca de aprendizado. E pronto para dividir expectativas, anseios e um pouquinho de conteúdo! ;)
Esta entrada foi publicada em Comunicação e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s