O Brasil e os Jogos Olímpicos do Rio – 2016

A partir das condições atuais que são proporcionadas ao esporte brasileiro, via Lei Agnelo/Piva e incentivo da Bolsa-atleta, o Brasil deve e pode fazer uma preparação ‘profissional’ para desempenhar um ótimo papel nos Jogos do Rio em 2016. Afinal de contas, seremos sede e teremos todo o ambiente a favor de nossos atletas. Ainda, acredito que os valores que serão investidos em programas e qualificações serão até maiores do que aqueles que estão sendo praticados atualmente.

Para tanto, fazendo um exercício que tem como base os investimentos feitos até então e que serão mantidos e até aumentados pelo COB e Confederações esportivas, entendo que o Brasil tenha condições de alcançar o seguinte desempenho nos jogos do Rio: 30 medalhas, sendo 10 de ouro e mais 20 entre prata e bronze, aproximadamente, entre as várias modalidades que possuímos tradição e que estamos trabalhando fortemente. Estas seriam as modalidades em que aposto minhas fichas:

• Ouro
o Natação: 2 medalhas
o Judô: 2 medalhas
o Vôlei (quadra e praia): 2 medalhas
o Vela: 1 medalha
o Futebol: 1 medalha
o Hipismo: 1 medalha
o Atletismo/Ginástica/Boxe: 1 medalha entre um destes esportes

• Prata
o Vôlei (quadra e praia): 1 medalha
o Futebol: 1 medalha
o Natação: 1 medalha
o Judô: 2 medalhas
o Basquete: 1 medalha
o Vela: 1 medalha
o Atletismo/Ginástica/Boxe: 1 medalha

• Bronze
o Vôlei (quadra e praia): 2 medalhas
o Natação: 2 medalhas
o Judô: 3 medalhas
o Vela: 1 medalha
o Atletismo: 1 medalha
o Boxe: 1 medalha
o Ginástica: 1 medalha
o Atletismo: 1 medalha

Trata-se de uma aposta otimista, obviamente. Porém, ela não é fantasiosa. O próprio Marcus Vinícius Freire, ex-atleta e atual dirigente do COB, projeta este mesmo número de medalhas.

Ademais, é fato que muitas coisas precisam mudar para que esta meta seja alcançada, desde maior investimento na qualificação de atletas e confederações (a gestão de várias precisa ser aperfeiçoada!), contratação de técnicos estrangeiros especialistas em modalidades que possuímos deficiência (e que são várias) e participação efetiva em eventos internacionais de relevância para as modalidades olímpicas. Ainda, um detalhe que já chama atenção há vários eventos olímpicos e que deveria ser trabalhado é a parte psicológica dos atletas. Sinceramente, não sei se esta atenção é disponibilizada aos competidores olímpicos brasileiros. Mas está muito claro que há problemas nesse sentido, pois chegamos aos Jogos com vários atletas campeões mundiais e/ou líderes de rankings mundiais e os desempenhos e resultados acabam sendo incompatíveis com este histórico. Como entender que vários atletas se mantenham no topo durante praticamente 4 anos e perdem justamente no momento mais importante da carreira? Há de se avaliar este ponto.

Outro detalhe importante que deve ser frisado é que buscar profissionais técnicos estrangeiros de qualidade não é demérito nenhum ao esporte nacional, nem aos técnicos nacionais. Pelo contrário, é uma forma de qualificar todos os envolvidos em nosso universo esportivo. Basta haver interesse nessa qualificação! E já tivemos e temos exemplos vitoriosos dessa política, como na ginástica feminina, no handebol feminino e no basquete masculino, só para ficar nestes alguns casos.

Portanto, as cartas estão na mesa! Minha aposta está feita, baseando minhas convicções no histórico brasileiro em algumas modalidades e nos investimentos que têm sido proporcionados via Lei Agnelo/Piva e Bolsa-atleta. E fico torcendo para que os investimentos na base, no esporte escolar (rogo para que a obrigatoriedade da prática da disciplina de Educação Física seja aplicada desde o primeiro ano do ensino fundamental, já que hoje é apenas a partir do 5° ano), sejam exponencialmente aumentados para que consigamos não apenas alcançar o alto nível temporariamente, mas principalmente se manter lá por muitos e muitos ciclos olímpicos.

Anúncios

About Daniel Mello

Coordenador Comercial na Infoar - Mais Continental; Consultor em Marketing Direto e MKT de Relacionamento; Professor de Língua Portuguesa. Um profissional dedicado aos encantos da área comercial e aos mistérios da Comunicação Escrita e Produção de Textos! Um cara sempre em busca de aprendizado. E pronto para dividir expectativas, anseios e um pouquinho de conteúdo! ;)
Esta entrada foi publicada em Esportes e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s