O Processo Eleitoral nas Redes Sociais II – Ainda Há Tempo

Estamos em pleno período eleitoral, tempo em que as redes sociais continuam sendo campo de batalha para a divulgação das mais variadas candidaturas dos mais diferentes partidos. E vejo tudo isso como um processo natural, em função de que tantos perfis, pessoais ou empresariais, já fazem da timeline uma espécie de vitrine digital. Porém, há um fator desencadeador de meu incômodo com as eleições nas redes sociais, que já deixei posto em meu primeiro texto sobre o tema, e que continua campeando solto nas redes sociais: a falta de conteúdo ou inexistência dele.

A última questão que chamou minha atenção é a repetição de um pretenso discurso de qualificação dos candidatos. Tal discurso é disparado em frases de campanha, principalmente nas imagens compartilhadas exaustivamente, aquilo que qualifiquei como “santinhos digitais”. E são as frases que compõem estes “santinhos”, e que já estão incorporadas nos compartilhamentos de militantes e cabos eleitorais, que me incomodam. Um exemplo claro disso é o político se autodenominar “o candidato da segurança pública”, ou o “candidato da saúde” e coisas afins. O problema não está no título autoconcedido, mas sim na falta de recurso de autoridade que há na imensa maioria dessas afirmações, totalmente simplistas e desprovidas de argumentos que as sustentem discursivamente e até eleitoralmente.

Se o candidato realmente é o “cara” da segurança pública, ou o “cara” da saúde, onde estão as suas experiências nessa área, seus projetos já desenvolvidos e as propostas para este possível mandato futuro? Se o político realmente possui a qualificação de ser esse “cara”, por que, então, não aproveita as redes sociais para apresentar suas experiências e seus conhecimentos, divulgando materiais informativos sobre suas propostas já executadas e comprovadamente de sucesso em tal área de domínio? Se não o faz, ou peca por omissão (e que pode custar sua eleição) ou peca por se apropriar eleitoralmente de um tema que não conhece, não domina, para iludir o eleitorado. O que comprova que a maioria dos políticos não apresentam seus casos de sucesso porque não os têm! É mais fácil apenas citar rasamente.

Portanto, afirmo que ainda há tempo para que os candidatos alterem suas participações nas redes sociais e aproveitem estes meios de uma melhor maneira. O simples uso do discurso vazio, sem profundidade de conteúdo, nem de argumentos concretos, não é capaz de convencer os eleitores destas redes. Repetições exaustivas de frases feitas nos “santinhos digitais” não são vistas com bons olhos pela população! O povo quer conteúdo, de modo que possa comparar com outras propostas e projetos. E para isso o candidato tem que apresentar seu discurso baseado em argumentos fortes, amparado por recursos de autoridade que sejam verdadeiramente vinculados às propostas e aos projetos para o eventual mandato. E repito, ainda há tempo para que os políticos e candidatos efetuem uma mudança de perfil das campanhas nas redes sociais. Ainda há tempo para se aprofundar o verdadeiro debate e engajar o eleitor!

Anúncios

About Daniel Mello

Coordenador Comercial na Infoar - Mais Continental; Consultor em Marketing Direto e MKT de Relacionamento; Professor de Língua Portuguesa. Um profissional dedicado aos encantos da área comercial e aos mistérios da Comunicação Escrita e Produção de Textos! Um cara sempre em busca de aprendizado. E pronto para dividir expectativas, anseios e um pouquinho de conteúdo! ;)
Esta entrada foi publicada em Marketing e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s