Quando os Futuros Profissionais da Escrita Escrevem Mal

E não é que saiu uma notícia com o seguinte título: “Estudantes de comunicação escrevem mal e perdem para os da área de exatas”. http://bit.ly/oOhStY Para aí um pouquinho, como assim?!? Não pode isso, alguma coisa está errada… E até está mesmo. Isso em função da avaliação ser um ditado com 30 palavras. E não se avalia “escrever bem” ou “escrever mal” através de um ditado. O resultado leva apenas a uma suposição. Fundamentada, diríamos.

Contudo, feita a ressalva e retirando do debate a forma como se obteve esta conclusão, não é natural que isso aconteça com profissionais da área de comunicação. Estes deveriam estar instrumentalizados para o processo de produção de textos que, obviamente, inclui a ortografia, acentuação, dentre outras formas avaliadas em um ditado, pois o trabalho do profissional de comunicação tem como base a clareza da mensagem! Ainda, impressiona e escandaliza saber que os futuros comunicadores estão se graduando com uma enorme deficiência em língua portuguesa, o que afeta direta e consideravelmente a qualidade da informação que será repassada ao seu leitor. Sim, um texto mal elaborado pode ter sua informação facilmente distorcida e é fator decisivo para levar seu leitor a uma má interpretação. E interpretações equivocadas podem levar a condutas equivocadas.

E novamente bato na tecla da prática da produção textual. Escrever é, antes de tudo, LEITURA! E a leitura é a tarefa mais importante quando pensamos em escrever! Sem leitura de bons textos não há referências positivas, fortes! Sem este tipo de leitura não há relacionamento com as formas de nossa língua, não há convivência com a mesma. Sem esse relacionamento, sem essa convivência, não nos entrosamos com as palavras, suas formas, sua ortografia, sua acentuação, etc. Além disso, faltará aquela “química” que nos acostuma ao jogo entre as palavras e nos aproxima do mesmo: a concordância seja ela de qual espécie for.

A partir do estreitamento dessa relação com a leitura, estaremos aptos a transcrever nossas ideias para o texto. Aí começa a costura, o artesanato! Pois um texto é um todo que deve estar repleto de significados e de respostas, precedidas, em alguns casos, de alguns interessantes questionamentos. E transformar um conjunto de palavras em uma frase, um conjunto de frases em um parágrafo e um conjunto de parágrafos em um texto, não é como assinar o próprio nome em algum documento. Exige, no mínimo, dois conceitos importantíssimos: coesão e coerência.

Portanto, fica muito claro que a capacidade de bem escrever não será recebida através de dosagens, como um medicamento, nem por osmose! Nem mesmo através da pressão de professores para tanto. Ela pressupõe método, constância na prática, seja da leitura, seja da própria escrita. Assim, atendendo a estas premissas, poderemos pensar em tratar bem nosso leitor. Sim, porque é o leitor que queremos atingir! E o leitor quer ser bem informado, quer clareza e quer ter prazer com as palavras do autor.

Ah, sobre coesão e coerência: são dois dos diversos conceitos que trabalho na Oficina de Criação Textual. 😉

Anúncios

About Daniel Mello

Coordenador Comercial na Infoar - Mais Continental; Consultor em Marketing Direto e MKT de Relacionamento; Professor de Língua Portuguesa. Um profissional dedicado aos encantos da área comercial e aos mistérios da Comunicação Escrita e Produção de Textos! Um cara sempre em busca de aprendizado. E pronto para dividir expectativas, anseios e um pouquinho de conteúdo! ;)
Esta entrada foi publicada em Comunicação, Língua Portuguesa, Marketing e marcada com a tag , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s