Qual a razão de ser ANTI?

Buenas, há certos momentos pelos quais passamos que são mais fortes do que nosso poder de concentração. Ou de abstração! Tais momentos são extremamente invasivos, quase que nos cercam fisicamente, mentalmente, psicologicamente e outros tantos “mente’s” que quisermos aplicar. Estou falando de época de eleições, de campanha eleitoral.

E é no meio de toda essa “bagunça engessada” que tentamos “sobreviver” institucionalmente, corporativamente. (Sim, engessada pela lei eleitoral que nos obriga a assistir a um debate, por exemplo, aqui no RS com, no mínimo, três candidatos de partidos sem expressão e representatividade capenga) Mas a conclusão a que chego é: apenas alienados completos conseguem tal conquista! Quem trabalha com o mínimo de informação sucumbe ao caos eleitoral da “bagunça engessada”.

E no meio desse caos estão os “ANTI’s”. Ou seja, não me interessa o que determinado quadro político fale, sou contra por ele ser de determinado partido. Aqui no RS o mais célebre caso são os Anti-PT. Como resposta surgiu o grupo dos Anti-Tucanos. E assim caminha o mundo paralelo dos ANTI’s. Não interessa se temos em algum desses partidos um bom político, uma pessoa honesta, pois ele está em tal sigla que o Anti abomina. É a teoria da generalização elevada ao cubo (no mínimo nesta potência). A rigor, parece aquela coisa de gangues de bairro que se matam, se odeiam e não se aceitam, independentemente de avaliar se do outro lado existem boas pessoas.

Além disso, a ideia de ANTI nunca serviu para construir absolutamente nada em termos de convívio social na humanidade. (convívio social, que fique bem claro, pois da última vez que utilizei esta frase um físico me corrigiu dizendo que a anti-matéria é portadora de benefícios para a humanidade) Todas as barbáries pelas quais passamos partiram desse princípio, como, por exemplo, o nazismo. E o resultado do nazismo foi o surgimento de um ideia de perseguição aos germânicos, resumindo uma origem, uma nacionalidade a um triste conceito defendido por uma minoria.

E é para esse rumo que vejo o embate político caminhando. O rumo da intolerância, da perseguição. Qual a dificuldade de reconhecer méritos em nosso adversário? Qual o medo de entender que quem pensa diferente pode ter boas iniciativas? Porque achar que tudo deve ser confrontado? Não estaríamos mais avançados, por exemplo, se aqui no RS tivéssemos continuidade das boas iniciativas? Obviamente que sim. Entretanto, as coisas não funcionam desta maneira. E pior, alguns para evitar vitória do lado contrário, esquecem suas convicções políticas e praticam o voto direcionado. E a justificativa é “eu votaria no Beltrano, mas vou votar na Fulana para o Ciclano não ganhar”, ou “eu votaria no Beltrano vou votar no Ciclano para a Fulana não ganhar”.

É por estas e por outras que nosso sentimento político é tão vago. E, claro, os resultados políticos são o que vemos atualmente. Não possuímos senso crítico pela crítica, mas pelo antagonismo. E quem determina seus projetos, suas avaliações pelo antagonismo, nunca será protagonista. Será apenas uma figura comum em meio a tantas outras. Enfim, não razão para ser Anti!

Anúncios

About Daniel Mello

Coordenador Comercial na Infoar - Mais Continental; Consultor em Marketing Direto e MKT de Relacionamento; Professor de Língua Portuguesa. Um profissional dedicado aos encantos da área comercial e aos mistérios da Comunicação Escrita e Produção de Textos! Um cara sempre em busca de aprendizado. E pronto para dividir expectativas, anseios e um pouquinho de conteúdo! ;)
Esta entrada foi publicada em Diversos e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s